A osteopatia é uma terapia que utiliza a anatomia e fisiologia do corpo humano para fazer manipulações e reduzir o desconforto, melhorar o movimento articular e restaurar o bem-estar.

O osteopata possui uma formação de 5 anos que lhe permite uma visão holística do corpo. Em muitos dos casos, além da formação em osteopatia, o profissional possui formação em Fisioterapia. Sua avaliação é criteriosa e busca a causa do problema, que envolve a parte física, mental e emocional.

Seu tratamento manual e natural restauram e aceleram a capacidade de cura e equilíbrio do corpo através de técnicas de manipulação que relaxam os músculos, aliviam a dor, reduzem o estresse, estimulam as terminações nervosas e promovem a circulação sanguínea.

Considera-se que alterações posturais e/ou funcionais dos músculos e articulações podem provocar dores e contrações, afetando consequentemente, outros sistemas do nosso organismo. Assim, a osteopatia permite corrigir desequilíbrios, detetar e prevenir problemas, restaurando o equilíbrio antes que surja uma doença.

O tratamento osteopático é seguro, natural e eficienteDr. Diogo Lana

A osteopatia é indicada para tratamento de:

      • Tratamento de dores difusas;
      • Transtornos músculos-esqueléticos: desvios posturais, contracturas musculares, disfunções da articulação temporomandibular (ATM), tendinites, entorses, artrites e similares;
      • Prevenção de lesões e disfunções no organismo;
      • Transtornos viscerais: cólon irritável, obstipação, hérnias de hiato, espasmo abdominais e outros;
      • Sintomas relacionados à gestação: dores na coluna, ciática e inguinal, dentre outros
      • Dores de cabeça tensional e enxaquecas;
      • Sinusites;
      • Sensação de cansaço persistente.
      • Tensão pré-menstrual;
      • Problemas respiratórios;

Tens mais dúvidas? Veja nas perguntas frequentes ou entre em contacto connosco!

Comentar