fbpx

O Dia Mundial da Criança comemora-se todos os anos a 1 de junho, desde 1950, por iniciativa da Organização das Nações Unidas (ONU).
O intuito é o de chamar a atenção para os direitos das crianças, nomeadamente a necessidade que estas têm de viver num ambiente de paz e harmonia que contribua para o seu pleno desenvolvimento.
Se esta é a data para Portugal, o Dia Mundial da Criança é comemorado oficialmente pela ONU a 20 de novembro, data em que, no ano de 1959, foram aprovados na Assembleia-Geral os Direitos da Criança.
Nessa mesma data, mas em 1989, foi adotada pela Assembleia-Geral da ONU a Convenção dos Direitos da Criança que Portugal ratificou no dia 21 de setembro de 1990.
Este é um dia que deve ser de diversão para as crianças mas para os adultos é preciso refletir sobre os direitos das crianças, que continuam a ser não respeitados!
Diariamente há crianças que passam fome, que são agredidas física e verbalmente, que são abandonadas, que não têm uma família que as ame, as proteja, as eduque e as ensine a crescer com dignidade e respeito por ele e pelos outros.
Entre 2013 a 2015, a Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV) registou um total de 3.051 processos de apoio de crianças e jovens vítimas de crime e violência que se traduziram num total de 5.360 factos criminosos.
De 2013 para 2015 verificou-se um aumento processual de 11,2%.
Os agressores são, na sua maioria, os próprios progenitores. Os casos, são maioritariamente, crimes de violência doméstica.
Dê amor e carinho à elas!
MoviMente-se!

Comentar