fbpx

Mais do que tratar apenas a dor, o osteopata procura descobrir o motivo que levaram o paciente a este quadro para que sua saúde seja prontamente restabelecida.

OSTEOPATIA ESTRUTURAL

Como a osteopatia tem forte efeito sobre as dores do corpo (osteopatia estrutural), esta pode tratar dores ciáticas (do nervo ciático), lombalgias (pode afetar a lombar e as pernas), cervicalgias (pode afetar a parte posterior do pescoço e atingir ombros e braços), dorsalgias (dores no tórax com dificuldades para respirar), além de fibromialgia, diagnosticada há poucos anos relativamente e oficializada pela Organização Mundial de Saúde como doença reumática crónica.

OSTEOPATIA CRANIANA

Pode também tratar pacientes com histórico de distúrbios do sistema neurovegetativo (osteopatia craniana), que envolvem toda a extensão da coluna vertebral até ao sistema nervoso central (cérebro, tronco cerebral e cerebelo). Neste caso, são tratados problemas como cefaleias, enxaquecas, distúrbios visuais (glaucoma) e auditivos, alterações digestivas, como a aerofagia (deglutição de ar ao comer), além de disfunções da articulação têmporo-mandibular, alergias, rinites, sinusites, otites e outras patologias.

OSTEOPATIA VISCERAL

Por último, estão patologias muito comuns, que envolvem alterações nas sistêmicas e nas vísceras (osteopatia visceral). A osteopatia também trata problemas como hérnias de hiato, ptoses viscerais (afrouxamento dos ligamentos), doenças respiratórias (bronquite asmática, pneumonia), queda da imunidade e muitas outras patologias.

Marque a sua consulta e veja como a Osteopatia pode melhorar a sua vida.

MoviMente-se!

🌐 www.MoviMente.pt

📞 232 11 22 77

(chamada para a rede fixa nacional)

Comentar