fbpx

A dor de cabeça tensional é a mais comum de todas as cefaleias e representa aproximadamente 40% dos casos, podendo chegar a 70% em populações específicas.

As principais características dela incluem uma localização bilateral da dor com duração de 30 minutos a 7 dias, dor em sensação de aperto ou de pressão (não pulsátil), intensidade de média a moderada e não é agravada com a realização de atividades físicas. Enjôos e vômitos NÃO são característicos e as sensibilidades à luz e barulhos não se apresentam ao mesmo tempo.

Esta cafaleia é uma das que apesar da origem não estar nos músculos e articulações, é preciso avaliar e tratá-los de forma adequada para que ocorra a resolução da dor.

Durante a avaliação, é comum encontrar diversos pontos dor e tensão elevada nos músculos da região do pescoço. Isto gera uma redução da mobilidade de todo o pescoço e uma possível “compressão” maior das vértebras e nervos, deixando toda a região mais “irritável”.
A intervenção neste quesito é essencial para quebrar um ciclo onde quanto menos movimento se faz, maior fica a dor e consequentemente menos MoviMenta-se a cabeça.

O Fisioterapeuta não utiliza medicação e sim terapia manual, como mobilizações, manipulações, modulação da dor e claro, EXERCÍCIOS ESPECÍFICOS e individualizados para o pescoço e principalmente para a musculatura profunda da cervical. 

Os resultados são muito promissores e na maioria das vezes acontece já na primeira sessão.

Entender o todo faz muita diferença no tratamento adequado das dores de cabeça!

Sofre com dor de cabeça e tem sua qualidade de vida reduzida por isto?
Agende agora mesmo seu atendimento com nossa equipe!

MoviMente-se!

Comentar