fbpx
Você pode levá-lo assim que nascer.
Inclusive, em alguns países o tratamento é realizado ainda no ambiente hospitalar, logo após o parto.
 
Portanto, o quanto antes você puder levar seu filho a uma consulta osteopática, melhor.
Mesmo que ele não apresente queixa ou sintoma específico.
 
Os principais tratamentos de Osteopatia Pediátrica são:
– Problemas na amamentação devido à dificuldade de sucção do bebê;
– Logo após o nascimento, quando utilizado o fórceps, ventosas ou parto cesariana;
– Cólicas, refluxo, gases e diarréia em excesso, obstipação;
– Otites de repetição, sinusites, rinites;
– Alterações posturais tais como escolioses;
– Alterações comportamentais: irritabilidade, choro excessivo, distúrbios do sono;
 
Na Osteopatia, a atuação do profissional visa o equilíbrio do corpo, sendo assim, além da forma corretiva, é possível também trabalhar preventivamente.
 
Agenda agora mesmo uma avaliação com nossos especialistas.
 
MoviMente-se!

Comentar