fbpx

Continuando a série de postagens sobre AVC, hoje falaremos sobre os ataques isquêmicos transitórios (AIT) ou o como ele é comumente chamado: PRINCÍPIO DE AVC.

O nosso cérebro é irrigado por uma vasta e complexa rede de vasos e artérias cerebrais. Para irrigar uma parte específica do cérebro há sempre uma artéria principal e algumas outras artérias de menor calibre.

Quando há uma obstrução total ou parcial de uma das artérias, os neurônios que são irrigados por aquela(s) artérias(s) passam a não funcionar da mesma forma e o resultado disto são os aparecimentos dos sintomas relacionados àquela(s) artéria(s). 

Porém, como os trombos são móveis e o nosso corpo é dinâmico, eles podem obstruir e, antes de causar uma lesão irreversível, podem ser fracionados ou moverem-se para outro lugar.

Com a saída da obstrução, a irrigação volta ao “normal” e os neurônios que não morreram voltam a realizar suas funções, resultando no desaparecimento ou redução dos sintomas.

Mesmo que os sintomas melhorem, é importantíssimo buscar ajuda médica o mais rápido possível, uma vez que pode ocorrer um novo AVC a qualquer momento.

TEMPO É CÉREBRO e informação salva vidas!

Agende agora mesmo seu atendimento com nossa equipe!

MoviMente-se

Comentar