fbpx

A diástase do músculo reto abdominal ocorre em cerca de dois terços das gestantes.
O útero em crescimento e as alterações hormonais promovem o estiramento e a separação do músculo reto abdominal, diminuindo a estabilização do tronco e aumentando a predisposição à instabilidade pélvica e consequentes dores lombares.
O Pilates é recomendado para a correção da diástase por permitir fortalecer musculatura abdominal e do assoalho pélvico de forma segura e eficiente.
Nossos instrutores são fisioterapeutas experientes e capacitados para extrair o que há de melhor no conceito e aparelhos do Pilates para que você tenha um atendimento seguro, funcional e divertido!
Não perca tempo e melhore a sua qualidade de vida e autoestima!
Agende agora mesmo uma aula experimental!Ela é gratuita e sem compromisso!
MoviMente-se!

Comentar