fbpx

Devido à gravidez, o corpo da mãe sofre muitas transformações físicas e psicológicas, em grande parte motivadas pela perda abrupta de peso, pelas perdas hemorrágicas, pelas alterações mamárias, hormonais ou no ritmo de sono, pelos estados emocionais frágeis, entre outros.

Assim, após o parto, é natural que surjam desequilíbrios consideráveis na pélvis e coluna, fragilização da musculatura do períneo e aderências internas envolvendo o útero e outros órgãos. As atividades diárias de cuidado com o bebé também podem causar sobrecarga num corpo já fragilizado por uma gravidez recente. Por estas razões, a osteopatia no pós-parto torna-se fundamental para a total recuperação do corpo da mulher.

O tratamento osteopático praticado na MoviMente, contribui para reequilibrar e recuperar o corpo da mulher que acabou de ser mãe:

– Restabelece o alinhamento do corpo, de modo a evitar o aparecimento de problemas ou lesões músculo-esqueléticas;
– Recupera a estrutura e apoio adequado dos pés, que normalmente desenvolvem rigidez com redução do arco;
– Preserva a mobilidade do sacro (osso localizado na base da coluna);
– Quebra as aderências dos tecidos da região abdominal e pélvica, impedindo tensões sobre a coluna e os órgãos internos;
– Devolve a mobilidade do útero, evitando complicações como prolapso uterino e/ou dor no ato sexual;
– Previne e trata a obstipação, através do trabalho intestinal e da coluna lombar.

Marque já a sua sessão, cuide de si.

MoviMente-se!
🌐 www.MoviMente.pt

Comentar